fbpx

Primeiras impressões do “SOUR”, álbum de estreia da Olivia Rodrigo

Com 3 singles lançados, ‘SOUR’ de Olivia promete ser um game changing em 2021

Logo no começo de 2021 tivemos o gostinho do que Olivia Rodrigo iria entregar no pontapé inicial de sua carreira solo. Quando ‘drivers license’ foi lançada, a garota de (até então) 17 anos logo mostrou qual seria o foco de suas músicas: basicamente um reflexo de suas vivências amorosas na adolescência… Mas não só isso, Olivia vai além e não canta só sobre amores e desilusões, canta muito sobre si mesma e como ela reage em certas situações.

Se no primeiro single nós percebemos o quanto uma desilusão a afetou, nos seguintes ela foca em cantar sobre alguns estágios de como se sentiu quando a bad bateu. ‘deja vu’ é um exemplo de como ficamos quando estamos naquele lento processo de seguir em frente, depois da tristeza vem a melancolia seguida de lembranças boas e algumas dúvidas sobre o que vai acontecer agora. E se ela começou um pouco triste no começo para logo após se mostrar compreensiva, é em ‘good 4 u’ que vem o momento da tão esperada raiva.

Entre questionamentos sobre isso e aquilo e muita jogada na cara de um rapaz que aparentemente não foi muito legal assim, o sarcasmo e a ironia reinam na letra, onde a melhor surpresa foi a base de rock ter se dado tão bem com a voz da menina.

Olivia Rodrigo apresentou diferentes visões sobre como ela lida e se comporta quando canta sobre sua vida, tudo isso provendo três músicas diferentes que se completam magicamente como se fossem irmãs, e após essa prévia do que ela é capaz de fazer, é impossível não despertar alguma curiosidade com seu primeiro trabalho oficial.

SOUR está com tudo para ser um dos projetos mais comentados do ano, e se alguém desconfiava que a cantora seria apenas uma moda passageira, ela vem provando o contrário. Em seis meses ela foi capaz de seguir na boca (e nos ouvidos) do povo com apenas algumas músicas, imagine o que ela vai fazer com um disco completo?

Previous Article
mtv

MTV Movie & TV Awards 2021 | Saiba quem levou a melhor na premiação

Next Article

Produções negras estão crescendo, agora o público precisa aprender a valorizá-las

Total
0
Share