fbpx

Tamara Veiga anuncia ‘Dessa vez fui eu’ e mostra a capa do novo EP

Clipe de ‘Dessa vez fui eu’ chega dia 06/11 aqui no ESCUTAI

Dois meses depois do lançamento do seu primeiro single “Meu fruto Proibido”, que contou com um clipe conceitual repleto de referências sobre Lilith, Adão, Eva e o paraíso – roteirizado e dirigido por Luis Henrique Crema que está à frente da Égide Produções -, a cantora Tamara Veiga se prepara para lançar mais uma música de sua autoria, “Dessa vez fui eu”, com uma pegada R&B, só que mais suave, se comparada a faixa anterior, que também tem a produção musical de Briozzini Beats. Juntas, as duas músicas fazem parte do EP “TUDO A PERDER”.

Confira agora com exclusividade a capa do EP “TUDO A PERDER”!

Eu estou muito feliz com o resultado de todo esse trabalho. Eu fechei parcerias incríveis, desde a produção das músicas quanto dos clipes. Os artistas brasileiros são muito criativos e capacitados, independente de idade, experiência e área de atuação.

afirmou Tamara

Tamara contou também como a vida de artista independente não é fácil e como a criação de um trabalho de qualidade precisa de muito esforço e dedicação: “é preciso muito tempo de trabalho para tudo sair perfeito. E eu também sou muito detalhista. Isso é bom, só que às vezes atrapalha”.

“Meu fruto proibido”, seu primeiro single, fala sobre os desejos mais profundos das pessoas que, de certa forma, não são permitidos. Não apenas em questão de relacionamentos proibidos, mas de maneira abrangente, sobre tudo que temos vontade de fazer mas não podemos.

“o mais difícil de alcançar é sempre o que dá mais vontade de se ter” esse verso traz consigo o principal significado de toda a música.

A artista acredita que os seres humanos têm a tendência de querer sempre o que não é permitido ou o que é difícil de ter. “Agimos igual Adão e Eva, o casal que tinha tudo no paraíso e mesmo assim quis comer justamente o que era proibido comer, e as vezes colocamos tudo a perder”

Seu primeiro EP tem justamente o nome de “Tudo a perder” porque a artista quis conectar suas duas músicas neste mesmo tema.

“Para realmente alcançarmos o que queremos, é preciso arriscar colocar tudo a perder. Grandes conquistas vem com grandes riscos. Mas também precisamos valorizar o que temos, senão perdemos.”

“Dessa vez fui eu”, por sua vez, conta a história de uma pessoa que não deu o devido valor enquanto podia. Da mesma maneira que se pode interpretar superficialmente um relacionamento amoroso onde a pessoa não valorizou a outra, pode-se pensar também nas vezes em que não valorizamos amizades, familiares, empregos e agora não é mais possível. Assim como a música terá uma identidade musical “retrô”, o videoclipe foi gravado com uma identidade visual no estilo VHS remetendo à lembranças antigas, memórias passadas e guardadas. A direção criativa fica por conta de Luís Henrique Crema e Égide Produções. 

Assista ao clipe de “Dessa vez fui” aqui dia 06 de novembro!

Total
8
Share