fbpx

Tamara veiga conversou com o ESCUTAI sobre seu novo EP

Tamara Veiga conversou com a gente sobre sua trajetória e também seu novo single e EP que estão a caminho

Apaixonada desde pequena pela arte, Tamara Veiga nasceu no Paraná e viveu maior parte da vida em Niterói, no Rio de Janeiro. Já praticou ballet, jazz, hip-hop e violão, provando seu grande envolvimento por cultura, contudo, sempre amou atuar e cantar.

(Divulgação/Égide)

Ao entrar nesse universo, como boa parte de artistas independentes, começou seu caminho cantando na igreja, por volta de 2009, e neste mesmo ano ingressou em aulas de canto. Fez faculdade de Comunicação Social e logo em seguida, se formou em Artes Dramáticas, prolongando seu ciclo de aprendizado.

Em entrevista ao ESC, Tamara contou que seu primeiro trabalho realmente pago como cantora aconteceu em 2011, onde atuou e cantou no musical Peter Pan como a famosa personagem Wendy.

Logo em sua primeira audição foi escolhida cantando o clássico inesquecível ‘When You Wish Upon A Star’, da trilha sonora de Pinocchio da Disney. Seu trecho favorito da canção diz ‘Quando você faz um desejo a uma estrela, seus sonhos se tornam realidade’, do qual se identifica e aplica em sua vida:

“Eu realmente acredito que nossos sonhos se tornam reais. Mas não só pedindo a uma estrela ou a qualquer força sobrenatural, mas se esforçando muito, sempre agradecendo e acreditando que o melhor virá.”

Tamara Veiga

É exatamente com esse espírito que Tamara vem conquistando seu espaço como artista. Nos últimos anos trabalhou à bordo de cruzeiros marítimos no Caribe e Europa, exercitando o que ama fazer. Além de ter participado da adaptação brasileira do clássico da Broadway, “A Pequena Loja de Horrores”. Em Santa Catarina, ingressou como parte do elenco de artistas de um dos maiores parques da América Latina, o Beto Carrero Word.

(Divulgação/Égide)

Um incentivo pode mudar a vida de uma pessoa, isso não é enigma pra ninguém. Tamara sempre sentiu que poderia ir além com sua arte mas nunca conseguiu ultrapassar barreiras internas. Segundo ela, por muito tempo compôs trechos de músicas originais no seu dia a dia, e por não acreditar que era capaz, não investia na sua carreira de compositora. Durante ‘surtos criativos’, diversas gravações eram salvas em seu celular com trechos do que um dia poderiam vir a se tornar suas próprias canções. Quando retornou ao Brasl depois de um intenso período cantando em cruzeiros, resolveu apostar tudo em suas composições e não apenas isso, tirá-las do papel.

“Eu sempre gostei de compor músicas, mas por uma razão chamada ‘frescura’ eu não acreditava nelas e não as passava pro papel. Durante anos fui acumulando várias gravações de celular com trechos de “surtos criativos”

Tamara Veiga
(Divulgação/Égide)

Podemos dizer que ainda bem que isso aconteceu. Tamara Veiga se prepara para lançar seu primeiro EP inédito, com produção musical assinada pro Briozzini. Segundo sua própria descrição, as canções flertam entre o pop e o R&B, com uma boa pegada brasileira e composições próprias. Suas maiores influências são da época de ouro da música pop, marcada por nomes como Mariah Carey, Destiny’s Child, Rihanna, Whitney Houston e Celine Dion.

“Mariah, Celine e Whitney certamente me inspiram muito na construção do meu trabalho autoral. Minha primeira música e o clipe chegam muito em breve!”

Tamara Veiga

‘Meu Fruto Proibido’, o primeiro single do EP ‘Tudo A Perder’ chega dia 26 de setembro e você poderá ouvir ele por aqui. Já o EP completo sai em novembro. Todo o material tem assinatura criativa da produtora Égide Produções, comandada pelo duo Luis Henrique Crema e Fernanda Do Canto.

Total
0
Share