fbpx

5 games gigantes para passar muito tempo jogando

Ficar em casa pode ser um tédio, mas com um desses jogos pode ter certeza que o tempo vai passar voando.

Videogame é uma das melhores formas de entretenimento… entre viver uma vida escolar, lutar em guerras espaciais e  simplesmente cuidar de sua ilha, dá pra fazer muita coisa e se ocupar em diversos mundos. Seguindo a recomendação do #FicaEmCasa, nós do ESC separamos 5 games com bastante tempo de jogo (gigantes mesmo – você vai passar muito tempo neles) para se divertir nos consoles. Tem dicas para todas as plataformas e gostos, quem sabe não está aqui seu novo vício de jogatina?

1. Persona 5

Plataforma: PS3 / PS4 | Gênero: RPG (Turnos) / Simulador Social | Horas de jogo: 100+

Quando Persona retornou com seu sexto jogo oficial, ninguém imaginava que ele poderia dar um novo gás a franquia. Aquele que começou apenas como um spin-off da série Shin Megami Tensei, acabou se tornando o maior sucesso de todos os tempos. Em Persona 5 você vive um estudante que tenta balancear a vida na escola e também em um grupo de vigilantes com poderes especiais. O jogo tem sua base como um simulador social, então você precisa formar laços com outros personagens, ir às aulas e explorar as masmorras cheias de monstros.

Lançado no Japão em 2016 (e no resto do mundo em 2017) o game foi um dos maiores sucessos de crítica dos últimos anos, sendo considerado um dos melhores RPGs feitos na história dos videogames. O sucesso foi tanto que o jogo terá sua versão expandida lançada em março de 2020. Se no jogo original já era possível passar fácil das 100 horas de jogatina, a versão Persona 5 Royal tende a oferecer muito mais… adicionando novos personagens, um novo ano escolar e mais locais de exploração.

2. Destiny 2

Plataforma: PC / Xbox One / PS4 | Gênero: Ação (FPS) | Horas de jogo:

Desde o seu lançamento, a continuação de Destiny sofre algumas críticas em relação a conteúdos pagos e comparações com o primeiro jogo… Mas em 2020 algo surpreendente aconteceu; Destiny 2 se tornou um jogo gratuito. Todo os conteúdo base oficial e mais duas expansões (das quatro lançadas) estão disponíveis para o jogador sem custo algum. O tempo gasto no modo single-player não é tão vasto, mas é no multiplayer que as horas passadas serão incalculáveis. Seguindo uma história intergaláctica envolvendo você tentando reaver sua ‘luz’ e encontrar outros guardiões para derrotar ameaças alienígenas, e também sempre provendo muito entretenimento em partidas cooperativas e batalhas entre jogadores.

A decisão de tornar um jogo tão grande gratuito em todas suas plataformas, é perfeito para aqueles que querem experimentar um FPS espacial. O conteúdo disponível é o bastante para aproveitar bem e faz o jogador realmente cogitar em assinar passes de temporada e experimentar as novas atividades disponíveis nas expansões pagas. Para jogar com amigos é uma ótima opção, fazer os desafios semanais e as famosas incursões é garantia de muita diversão em grupo.

3. Animal Crossing (New Horizons / New Leaf)

Plataforma: Nintendo Switch / Nintendo 3DS | Gênero: Simulador Social | Horas de jogo:

Não existe algo que melhor defina casualidade e diversão como Animal Crossing. Desde o seu primeiro lançamento em 2011, para o console Nintendo 64, a franquia é a maior referência de algo perfeito para passar o tempo. Mesmo sendo considerado um jogo de nicho no passado, foi com o quarto título para Nintendo 3DS que muito mais pessoas passaram a conhecer a franquia. Animal Crossing: New Leaf foi um sucesso arrebatador no seu ano de lançamento e até hoje um dos maiores sucessos do console.

O game possui uma premissa simples; Você é confundido com o prefeito de uma cidade após uma mudança, e a partir disso precisa administrar e viver naquele novo local. O jogo é perfeito para aqueles momentos de ociosidade… onde dar uma volta na cidade, pescar e construir um local melhor para os habitantes acabam tomando horas do seu tempo. E o charme da franquia é justamente ser tão atemporal (este que vos escreve começou a jogar New Leaf em 2014 e até hoje ainda volta pra algumas horas de diversão semanal).

Mas a dica anterior é para quem não possui um Nintendo Switch. Caso você esteja atualizado com os consoles da empresa japonesa, a melhor pedida é conferir o novíssimo titulo da franquia; Animal Crossing: New Horizons. Um dos jogos mais esperados de 2020 chegou em um momento triste na humanidade, mas ao mesmo tempo é o melhor passatempo que alguém pode ter em uma quarentena. Dessa vez você acaba em uma ilha deserta e deve começar a viver sua vida casual por lá… sempre amparado pelos personagens icônicos da série, como Isabelle, Tom Nook e K. K. Slider.

Uma das curiosidades mais legais sobre a comunidade que gosta de Animal Crossing foi a história da vovó Audrey, que viralizou na internet após seu neto verificar que ela tinha 3500 horas de jogo para a versão do 3DS. Em New Horizons nós vemos uma nova personagem que visita sua ilha e tem o mesmo nome da jogadora. Legal a homenagem, né?.

4. The Legend of Zelda: Breath of the Wild

Plataforma: Nintendo Switch / Wii U | Gênero: Ação / Aventura | Horas de jogo: 100+

Um dos maiores sucessos da Nintendo teve sua história marcada em 2017. The Legend of Zelda: Breath of the Wild não foi somente o ganhador de vários prêmios de jogo do ano, e nem um dos maiores hits da franquia… a aclamação foi tanta, que ele é definido como um dos maiores jogos de todos os tempos da história dos videogames. O jogo se passa após todos os outros na timeline oficial. E Zelda, Link e Ganon retornando como os principais personagens. A grande surpresa causada foi a mudança drástica de gameplay, um exemplo perfeito de como atualizar uma franquia tão antiga, deixando de forma atual e ainda sim com toda sua essência intocada.

Jogando agora em um mundo aberto isso faz com que sejam oferecidas infinitas possibilidades de fazer várias coisas. Até hoje dá pra conferir vários videos do pessoal descobrindo maneiras criativas para cruzar templos, derrotar inimigos e utilizar as habilidades de Link. Mas um dos maiores feitos deste jogo foi servir como uma porta de entrada para aqueles que nunca (!) jogaram algo de Zelda, ou para aqueles que tentaram vários títulos da série e não gostaram de nenhum.

O fator aventura continua sendo o ponto focal da jogabilidade, e agora com esta nova pegada, The Legend of Zelda tem tudo para divertir jogadores de todas as idades e servir como uma impecável introdução para este mundo tão rico.

5. Fallout 4

Plataforma: PC / Xbox One / PS4 | Gênero: RPG / Ação | Horas de jogo: 100+

Imagine ser congelado criogenicamente  e acordar anos depois sem saber como estão as coisas?. Vivendo como um sobrevivente em um mundo pós apocalíptico você deve tentar encontrar respostas sobre sua família e o local que explora. Essa é a premissa básica de Fallout 4. Não é necessário ter jogado os títulos anteriores porque (assim como o citado Persona 5) cada novo jogo conta uma história própria.

A exploração é o maior fator da franquia Fallout, causa horas de imersão, e neste você fica cada vez mais intrigado em saber o que está acontecendo. Os personagens secundários são um grande trunfo do jogo, cada um com sua riquíssima história definida ajudam o protagonista na investigação como acompanhantes. Além de garantir muitas horas de ação e simulação social… já que também é possível montar vários acampamentos e recrutar outras pessoas.

Um dos pontos altos são os núcleos principais. O Instituto, Ferrovia e Irmandade do Aço rendem um ótimo twist a história e muitas (muitas mesmo) side quests para quando você cansar um pouco de avançar tanto na história principal. O jogo possui ainda várias expansões para aqueles que decidirem explorar ainda mais do seu mundo aberto.

Total
0
Share