fbpx

Precisamos falar sobre o fim de “A Misteriosa Sociedade Benedict” do Disney+

Depois de muitas aventuras e intrigas, chegamos ao fim da batalha contra o Sr. Curtain… Ou será que não?

O texto contém spoilers!

A primeira temporada de A Misteriosa Sociedade Benedict já está completa no Disney+. Depois de muitas traições, intrigas e mistérios, pudemos descobrir um pouco mais sobre Nicholas Benedict (interpretado por Tony Hale), seu grupo de jovens talentos e seu irmão gêmeo do mal, Nathaniel Curtain (que também tenta criar sua própria sociedade).

Como qualquer boa adaptação de romance, a versão em série fez algumas mudanças e acréscimos para funcionar para a TV, mas ainda permanece fiel ao original escrito por Trenton Lee Stewart. Mas, se você ainda não viu o último episódio ou ficou com algumas dúvidas sobre o que aconteceu, iremos te contar.

Chegamos ao sexto e último episódio quando o malvado Sr. Curtain percebe que o Sussurrador é um sucesso. Depois de fazer várias pessoas comprarem uma boina azul, ele começa a traçar um plano para conquistar o mundo todo com a máquina.

No entanto, Reynie Muldoon (interpretado por Mystic Inscho) e o resto do grupo planejam impedir o vilão. Após algumas tentativas, nossos heróis conseguem chegar ao Sussurrador, mas precisam lutar contra ela e seus poderes de influência enquanto tentam destruí-la.

Curtain percebe e aparece de surpresa, o que causa um embate direto entre Reynie e ele. Apesar da tensão, o jovem prodígio consegue enfurecer o vilão com sucesso, tornando-o emocionalmente vulnerável, o que desencadeia uma resposta narcoléptica que o leva a nocaute.

É aí que Constance Contraire (interpretada por Marta Kessler) entra em ação. Como suspeitávamos depois de algumas pistas dadas por Benedict, apesar de irritante, Constance é dotada de fortes poderes psíquicos. Com eles, ela entra na mente artificial do Sussurrador e frita seus circuitos, destruindo de uma vez a máquina.

Depois disso, as coisas começam a entrar nos eixos novamente. Número Dois (Kristen Schaal) e Rhonda (MaameYaa Boafo) se reconciliam depois de brigas inesgotáveis durante toda a temporada. Kate Wetherall (Emmy DeOliveira) ganha um pai adotivo: Milligan (interpretado Ryan Hurst), que após a amnésia causada por Sr. Curtain, aprende, junto com ela, a reconstruir uma nova vida.

Já Reynie é adotado pela Sra. Perumal (Gia Sandhu), que ao longo de toda temporada já era praticamente sua mãe, protegendo-o e oferecendo seu ombro e seus conselhos ao garoto.

Sticky, no entanto, depois de passar pelas mãos de pais extremamente abusivos, decide seguir um caminho diferente, matriculando-se na Boatwright Academy, o prestigioso instituto para o qual ele e os demais tentavam entrar antes de serem cooptados para a Sociedade Benedict.

A cena final, porém, guarda uma surpresa. Depois de Curtain e Benedict botarem tudo a pratos limpos, o vilão, seu filho adotivo S.Q. (Ricardo Oritz) e a Dra. Garrison (Trenna Keating) devem partir do Instituto criado por ele.

Enquanto vão em direção ao destino desconhecido em um barco, Garrison resolve lhe entregar um novo projeto, que não vemos. Curtain então sorri, a música aumenta e a câmera se afasta deixando o fim da primeira temporada em um suspense completo.

O Sr. Curtain retornará? A Sociedade Benedict se reunirá mais uma vez? Não sabemos. E mesmo quem leu os livros, que fique avisado, os roteiristas já avisaram que não pretendem seguir a história original ao pé da letra. Tudo pode acontecer.

Total
1
Share