fbpx

Autenticidade e fluidez definem Jaloo

Jaime Melo, um anjo performático mais conhecido como “Jaloo”.

Jaime Melo, um anjo performático mais conhecido como Jaloo, é DJ, cantor, compositor e produtor paraense, que ganhou notoriedade pelo seu talento e sua fluidez de gênero.

Nascido em Castanhal, região metropolitana do Pará, mudou-se para São Paulo após fazer sucesso com suas versões de alguns hits, misturando pop, eletrônico e tecnobrega. Seu cover de “Oblivion” chegou até Grimes, que amou a versão brazuca de sua música e até comentou em seu Twitter: “Música encantadora! Bonito visual”.

Representatividade

Em seu primeiro álbum de estúdio, Jaloo explorou sua estética não binária, trazendo para os clipes e os palcos um visual andrógino. Com o corte de cabelo meio indígena e roupas predominantemente femininas, chamou atenção quando apareceu na cena alternativa. O ensaio fotográfico para o seu primeiro álbum de estúdio “#1” é um deleite para os olhos!

Jaloo surgiu em um momento muito importante de discussões LGBTQI’s sobre pessoas transsexuais e pessoas agênero. Ajudou, representou e levantou questões de sexualidade e corpo nos moldes de sua arte. Militando de forma sutil, porém atraindo olhares por onde passava, o multiartista trouxe para o físico a dualidade de seu ser.

Atualmente está em sua turnê “Mestiço”. Sem previsão para um álbum novo, o reizinho do techno brega fez várias colaborações incríveis.

Total
0
Share