fbpx

BADZILLA se une a Edgar e Stella Yeshua em “Tempo”, novo single da primeira mixtape

A faixa chega hoje, 9 de novembro, às plataformas de streaming e vem acompanhada de um lyric video

Seja em um groove do beat, um detalhe na harmonia de uma estética não-convencional ou a partir de timbres com sonoridades diferentes, o projeto BADZILLA é um passo para experimentações. Dessa forma, o duo de produtores musicais composto por Tuti AC (baixista do Medulla e Violet Soda) e LAN (do projeto SAVINO) se une aos rappers Edgar e Stella Yeshua para entregar o primeiro single da sua mixtape de estreia. “Tempo” é a impressão de diversas influências musicais em uma letra que expurga o descontentamento com o cenário político brasileiro. A faixa chega hoje, 9 de novembro, às plataformas de streaming (ouça aqui) e vem acompanhada de um lyric video.

“Esse single traz as vivências e formas individuais de cada um de enxergar feridas passadas. É sobre questioná-las e entender que muito disso vem de um sistema governamental falho que instaura ódio e preconceito”, pontua LAN sobre o input inicial para o single. “Quando fizemos o beat de ‘Tempo’, queríamos artistas que tivessem um discurso engajado e forte com base no contexto que estamos vivendo”, completa Tuti.

A partir disso, sem muita demora, surgiram os convites para trazer a rapper Stella Yeshua e o Novíssimo Edgar, com quem a dupla de produtores já trocava uma conexão musical e amigável. “A Stella tem um discurso social muito ácido e, ao mesmo tempo, muito necessário; e Edgar é um artista e poeta à frente do tempo”, lembra o duo sobre as escolhas que completaram a narrativa da faixa. 

“Foi difícil porque tem muita coisa acontecendo num mesmo fluxo e conciliar o tempo pra poder conseguir criar uma música que fala justamente sobre esse assunto é quase surreal”, lembra Edgar sobre os processos que encaminharam até chegar na versão final. O paulistano também já trocava ideia com Yeshua, o que tornou tudo mais fluido para alcançarem um som potente. Para a rapper, a inspiração para sua linha partiu da ideia de furar a bolha: “Eu rompi um sistema suicida que quer te manter preso numa caixa, dominar seu tempo. Com o BADZILLA, eu pude ressuscitar meu processo artístico, que estava enterrado a sete palmas”, explica Stella.  

O single sucede “Hey” (ouça aqui), a primeira faixa autoral da dupla. Agora, com “Tempo”, eles dão continuidade a um estudo de sonoridades, sem amarras: “Na nossa mixtape, o público vai poder ouvir R&B, afro beat e, até mesmo, um pop punk ou trap, algo inédito e plural”, finaliza BADZILLA sobre a mixtape que está a caminho.