fbpx

Crítica | Urias, “HER MIND, PT. 1”

A primeira parte do novo álbum de Urias conta com quatro músicas e serve como um protótipo atraente para o novo projeto

Em termos de música voltadas para curtir a pista de dança ao máximo e, aqui tá permitido falar, fritar, Urias é o centro da cena musical LGBTQIA+ no Brasil, e não poderíamos estar melhor servidos com esse tanto de batidas e nuances incríveis para tirar o pé do chão seja em casa, na pista ou numa social mais íntima.

A artista lançou o seu primeiro disco completo em janeiro desse ano, o ótimo “FÚRIA”, e volta de surpresa para um novo trabalho, esse, que chegou em formato de EP e é o primeiro de três que juntos irão formar um novo álbum, é tão bom como qualquer peça do seu antecessor – o que não se esperava é que com somente 4 músicas, Urias iria nos deixar ansiados para escutar tão rápido um novo registro de estúdio.

HER MIND, PT. 1” vinga uma nova proposta como de costume, quente, e de fazer delirar. Apesar da elétrica e gritante “Je ne sais quoi“, e a brutal “R.I.P.“, é “The way I drop” que atiça muito disso em menos de 3 minutos, a rápida canção parece chegar a todo momento em um novo tipo de clímax. Sequer aconselha ao ouvinte um espaço para descanso, e é deliciosa entrar nessa atmosfera – o instrumental, belíssimo, parece ideal para adentrar em mundo repleto pelo comando de máquinas, algo alá cyberpunk.

O melhor dessa primeira parte fica reservado para o final, onde Urias oferece um flutuante momento. “BLOSSOM” acalma os nervos e começa o passeio com uma breve prévia de um habitual samba básico, que logo sobe o compasso para uma onda eletrônica. Devido a maravilhosa imersão (que lembra bastante algo que a amada SOPHIE faria) mal é possível perceber a troca de linhas escritas por apenas som em uma narrativa que fala de modo fugaz sobre a evolução como uma árvore que passa a entender a importância dos seus galhos e flores.

São apenas onze minutos em “HER MIND, PT. 1”, mas se esse EP presume muito do que pode vir no futuro segundo álbum mais focado para o mercado internacional, isso precisar estar disponível para as pistas o quanto antes. De verdade, mesmo pequeno, essa foi uma grata surpresa.

Nota do autor: 80/100

Total
0
Share