fbpx

Diplo lança novo álbum homônimo de música eletrônica

O lançamento encerra um hiato na carreira de Diplo, que há dezoito anos não se arriscava no gênero da música eletrônica.

O novo álbum homônimo de Diplo, seu primeiro disco de música eletrônica em dezoito anos, foi lançado na última sexta-feira, dia 04 de março, via Higher Ground e pelo seu próprio selo, Mad Decent (ouça aqui). Ele também compartilhou o vídeo da faixa lançada anteriormente “Don’t Forget My Love”, com Miguel, dirigido pelo coletivo Kinopravda e filmado pelo diretor de fotografia de Euphoria, Marcell Rév.

Diplo é a realização de um mergulho profundo de três anos na house music, que primeiro o impressionou quando adolescente e que, agora com a produtora Higher Ground, um titã da música eletrônica, volta seu foco para essas raízes.

O álbum inclui as faixas On My Mind com Sidepiece,Looking For Me, “Promises” com Paul Woolford e Kareen Lomax,Don’t Be Afraid , com Jungle e Damian Lazarus, e One By Onecom Elderbrook e Andhim (clássicos do house music que serviram de trilha sonora para a reabertura das pistas em todo o mundo), bem como novas colaborações com Aluna, TSHA, Leon Bridges, Lil Yachty, Busta Rhymes, Seth Troxler, Amtrac, RY X e muito mais.

Ao longo de uma carreira de vinte anos que começou, com sua agora lendária noite, no Philly Hollertronix, Diplo passou de vender discos para Kanye West do porta-malas de seu carro para colaborar com as maiores estrelas do mundo da música (como Beyoncé, Madonna e Justin Bieber) e tocando em todo o globo. Ele e sua gravadora Mad Decent continuam a explorar e defender gêneros e artistas de todo o mundo (baile funk, dancehall, New Orleans bounce). Outros empreendimentos incluem uma editora de livros e vários projetos de literatura, cinema e TV.

Diplo, dez vezes indicado ao Grammy, também é membro do icônico Major Lazer, um terço do LSD – o supergrupo com Sia e Labrinth, cujo debut foi ouvido mais de 3 bilhões de vezes – e metade do Silk City com Mark Ronson – cujo disco de platina certificou “Electricity”, com Dua Lipa, no topo das paradas mundiais e garantiu um Grammy ao projeto.

Total
0
Share