Entrevista: Full Circle fala sobre novo single, ‘Make You Believe’, influências e planos para 2023

Izzo conversou com a banda sobre os planos para o ano que se inicia, além do novo lançamento e referências artísticas

É comum se sentir perdido nas novidades da indústria fonográfica. Com o aumento significativo do número de informações nas redes sociais em tempo real, a conexão entre artista e público tem ficado em segundo plano. É nesta dificuldade em estabelecer relações com as audiências que os meninos do grupo norte-americano Full Circle querem atuar.

Muito próximos aos seus fãs — que têm crescido gradativamente no Brasil e no mundo —, Jagger, James, Sean, Jason e Shane aparentam querer criar uma comunidade com quem os apoia falando sobre amadurecimento e relações interpessoais. 

Formado em 2021, o quinteto é uma das grandes apostas da música pop estadunidense. Eles já viralizaram no TikTok fazendo dublagens de hits da One Direction e até confessam serem influenciados por Justin Bieber e Charlie Puth, mas o que chama a atenção além da convencional fórmula de sucesso é a qualidade de todos os membros na hora de produzir suas canções. 

“Transparency”, “Bigger Picture” e “Don’t Miss” agradam e já possuem milhares de plays no Spotify. Muito bem produzidas, as canções soam como uma possível tentativa de nomes como Chase Atlantic, No Rome e Role Model experimentarem novas sonoridades. O público encontrará nas tracks dos norte-americanos influências do indie/bedroom pop e do trap lo-fi, mas suas raízes foram criadas através de trabalhos como ‘Journals’, de Justin Bieber, e ‘Mind Of Mine’, de ZAYN. 

Nesta sexta-feira, 13 de janeiro, eles lançam o mais novo single da carreira, ‘Make You Believe’, o primeiro de uma sequência de cinco tracks que devem virar um EP. 

‘Make You Believe’ é uma canção sobre a euforia que você sente por alguém. A ideia é transmitir a experiência de compartilhar o sentimento de querer ser especial para uma pessoa do mesmo jeito que ela é pra você”, diz Sean. Jagger vai além: A música é sobre como nós, o Full Circle, retratamos uma das duas pessoas. Elas estão em conflito pois não sabem para onde ir com o relacionamento, então o protagonista acredita que deva estar com outra pessoa. É aí que a gente entra: tentamos convencer os pilares dessa história que eles devem estar juntos, fazendo todas as coisas que um amor jovem proporciona, sentindo aquela coisa eufórica, sabe? É uma canção de amor típica, mas muito melhor. Ah, e lembrem-se, crianças: um relacionamento deve ser bilateral, ok?”.

Questionados sobre o que a nova era da banda, iniciada com este primeiro single em 2023, deve dizer sobre o grupo num contexto geral de carreira, os garotos foram incisivos no discurso: “É definitivamente nossa fase mais madura. No passado lidamos com assuntos similares, mas que foram executados de uma maneira muito mais sedutora, nessa abordagem de boyband. Gosto de pensar que agora é como se estivéssemos acabando de nos formar no ensino médio…  e começando a ir pra faculdade no mundo real da coisa toda, sabe? Acho que o importante é que no final você acaba se divertindo de uma forma ou de outra”, conta Jagger. Para James, o novo capítulo mostra um lado diferente do grupo, mais confiante: “Acho que é seguro dizer que à medida que realmente mergulhamos nessas músicas mais recentes ficamos muito mais ousados, não apenas com nossos vocais, mas também com nossas emoções”. Na questão musical, Sean afirma que a banda está animada e com muito a mostrar para todos os fãs: “Temos muitas novas músicas e visuais para compartilhar com o mundo. Espero que esta nova era mostre mais originalidade pois estamos criando nossas identidades”.

O grupo foi criado há menos de dois anos, mas a amizade dos integrantes vem desde a infância: eles se conheceram através de trabalhos na indústria como dançarinos. Por isso, é comum que o público veja por aí alguns deles ensaiando um passo aqui ou ali. Os garotos prometem muito trabalho em 2023 e afirmam que não querem ser mais uma boyband para cair no esquecimento. 

A nova canção de trabalho é um passo adiante na discografia. É notória a qualidade vocal de todos os membros, mas o destaque da canção fica para as harmonias criadas: backing inseridos pontualmente na bridge e no refrão, versos guiados pelo instrumental marcado que lembram os grandes trabalhos de Puth como produtor. Essa abordagem pop groovy que poderia até ser uma track de “gg bb xx”, do LANY, parece ser algo que os fãs verão com frequência nos próximos lançamentos. 

Estou ansioso para gravar novos discos e estou muito orgulhoso do que criamos”, conta Sean. Ele completa: “Todas as músicas que gravamos foram feitas em Cali, antes era apenas na Flórida. O novo som é diferente dos projetos anteriores porque temos mais experiência e mais conhecimento sobre o que queremos criar. Espero que as pessoas ouçam como crescemos e seguimos em frente”. 

Jagger reitera: Como eu disse, tudo parece mais maduro de certa forma. Sim, as músicas ainda são atrevidas, ainda fofas, ainda sedutoras, ainda boyband, mas é maduro. Não quero que as pessoas tenham a impressão errada de ‘oh meu Deus, essas músicas vão tratar de assuntos sérios’… não, ainda somos apenas 5 jovens tentando entender nossos sentimentos, passando por relações boas e ruins. Sinto que pelo menos duas das músicas lançadas este ano são primas mais velhas de duas de nossas músicas lançadas no ano passado em questão dos tópicos que abordamos. E estou feliz por podermos continuar essas histórias e falar sobre elas com uma cabeça mais clara”. No entanto, uma das cinco estrelas em ascensão relembra um de seus ídolos, Justin Bieber, em sua fase mais rebelde: “Por outro lado, também possuímos a ideia de estarmos apenas nos divertindo, sabe? É tipo: “ei, se você não está procurando por algo sério, vamos apenas nos divertir, porque eu sou o seu cara esta noite.Esta é a nossa era Justin Bieber Journals/Bizzle, essas 5 músicas. Estamos muito confiantes”. 

O clima aqui é ensolarado, quente e dançante. Prepare a camisa floral de seda e ensaie os passinhos, ok? ‘Make You Believe’ estará disponível em todas as plataformas digitais nesta sexta-feira, (13). 

Aproveite e acompanhe a Full Circle no Instagram e Twitter.

Total
0
Share

Notice: Constant WP_USE_THEMES already defined in /home/escuta28/public_html/index.php on line 14