fbpx

“Hopeless Fountain Kingdom” é um grande ato no palco de Halsey

Emplacando “Bad At Love” como um grande sucesso, Hopeless Fountain Kingdom foi a transmissão perfeita da personalidade de Halsey para a música.

Baseado no clássico de William Shakespeare, o álbum Hopeless Fountain Kingdom (2017), da Halsey, completa cinco anos em 2022. A obra, que é uma das mais queridas pelos fãs, é uma adaptação ainda mais dramática de Romeu e Julieta. Para comemorar essa data, revisitamos o disco e destrinchamos suas histórias e atos. Mas, antes de tentar entender por completo, precisamos começar conhecendo os personagens principais.

Em Hopeless Fountain Kingdom temos três personagens principais que rodeiam toda a temática do disco. Luna Aureum é integrante da casa Aureum, definida por Halsey como uma das casas mais brutais do reino, Luna é a personagem principal deste cenário, destinada à interpretar o papel de Romeu.

Representando a casa Angelus temos Solis Angelus, que foi criado para interpretar o que seria o papel de Julieta. Apresentando características mais sociais, a família real tem sua pureza representada através de seus uniformes brancos e visuais mais limpos.

E por fim, interpretando o primeiro amor de Luna e, também, parte da casa Angelus, temos Rosa Angelus, uma garota misteriosa responsável por instigar os instintos desconhecidos da protagonista.

“Eles são mais violentos e tem desejo pela carne. Amam as drogas, amam o sexo. Eles amam viver nesse Reino pois acreditam que são livres para correr nesse purgatório com seus desejos e por vontade própria.”

Halsey sobre a House of Aureum

Em primeiro lugar, no ato de abertura, Luna (Halsey) inicia o álbum com O Prólogo, que há de ser exatamente o mesmo do clássico escrito por Shakespeare. Em seguida, dando continuidade ao contexto em 100 Letters, conhecemos o relacionamento abusivo vivido entre Luna e Midas (ou apenas a ideia de alguém com complexo de superioridade). Deixando claro que não se permitirá continuar nessa situação, Luna afirma: “não sou algo para você morder e provar quando estiver entediado” e que recebeu 100 cartas pedindo para reatar. Na mitologia Grega, Midas foi um ganancioso rei, agraciado com o dom de transformar em ouro tudo o que tocasse.

“Eyes Closed”, a memória

Em detalhes sobre o término de uma cega paixão, Luna segue com Eyes Closed contando sobre como esteve sozinha num amor que, afinal, havia sido feito pra viver à dois. Midas à culpava por qualquer briga e fazia de tudo para que o jogo virasse contra ela.

Logo após alegar estar “cara a cara com um novo alguém” na faixa anterior, Heaven In Hiding (Paraíso Escondido) é a grande aventura de Luna com Rosa. Entre corações acelerados e respirações ofegantes, o primeiro amor da protagonista chega como um plot twist para esse conto modernizado de Romeu e Julieta.

“Disse que isso não é o que costuma fazer, que uma garota como eu é algo novo pra você”

Seguindo com Alone, Luna não precisa de mais migalhas em relacionamento. Ela assume estar bem sozinha enquanto seu antigo parceiro se martiriza com ligações insistentes. Ainda que em Now or Never, ela busque uma decisão precisa, a protagonista desse palco conta em detalhes sobre tudo que à fez abrir mão desta relação.

Na emocionante Sorry, surpreendentemente, temos um leve vislumbre de sua relação com Rosa em Heaven In Hiding. A canção é uma carta de perdão por ter dado expectativas para o desenvolvimento de um amor que não soube amar.

“Good Mourning”, a interlude

A interlude é, finalmente, a introdução de Solis no palco de Halsey. A sonoridade teatral carrega o ouvinte para um tempo mais corrido. Uma cena onde os relógios não param de bater e o tempo passa cada vez mais rápido.

Assim como Romeu e Julieta viveram um amor escondido por conta das diferenças entre suas famílias, o mesmo acontece com Luna e Solis. Em Good Mourning estamos vivendo a pressa dos encontros na meia-noite.

“O sol está chegando… Por quê?”

Durante a faixa 9, Luna decide ter uma conversa com seu antigo parceiro. É em Lie que a protagonista coloca um fim nessa história. Já em Walls Could Talk, Solis entra em cena novamente. A canção retrata seu relacionamento escondido com Luna, onde eles adoram tudo o que acontece mas agem como se nada estivesse realmente acontecendo. Eles se conhecem a tempos, por causa de suas famílias, mas sempre foram impedidos de estarem juntos, por conta da rivalidade entre Aureum e Angelus.

“Bad At Love”, um novo começo

Dando passagem para seu relacionamento com Solis, Luna abre seu coração em Bad At Love e tenta explicar como suas relações sempre à afetaram de maneira negativa. Logo em seguida, em Don’t Play, a mesma já está completamente livre desses problemas. Seguindo o desabafo de Bad At Love, Strangers é o conto das aventuras de Luna com Rosa – que seria, supostamente, uma outra amante de Solis.

No último ato, a tragédia final dessa história se apresenta três partes. Enquanto Solis se apaixona por Rosa, o sentimento de ter sido deixada de lado chega com a sensação de abandono e desprezo na sentimental Angel On Fire.

“Eles falam e bebem, riem das coisas e se apaixonam no meu quintal”

Em Devil In Me, a negação de que as coisas estão saindo de controle começa a se tornar visível. Luna não aceita perder as duas pessoas que mais amou. Solis e Rosa estão entregues um ao outro.

No conto de Romeu e Julieta tradicional, os amantes se matam por acreditar que um dos parceiros já estava morto. No palco de Hopeless Fountain Kingdom, Halsey escreveu um fim inesperado. Carregando mais um coração partido e o histórico sanguinário da família Aureum, Luna mata Solis após descobrir sua traição com Rosa em Hopeless.

“Você sabe que a verdade machuca mas segredos matam (…) Você sabe que os bons morrem jovem, mas isso também morreu. Então isso é melhor do que pensei.”

Assim se encerra a tragédia de Halsey, um conto de Romeu e Julieta virado ao avesso, contada em seu segundo álbum de estúdio. Emplacando Bad At Love como um grande sucesso, Hopeless Fountain Kingdom apesar de seu grande potencial, pode não ter transmitido o suficiente desse enredo em seus visuais mas, de fato, transmitiu toda a personalidade da cantora como artista.

Total
0
Share