fbpx

Indicação de leitura | “A Via Crúcis do Corpo” da Clarice Lispector

Um livro necessário de Clarice Lispector, uma das maiores autoras brasileiras de toda a historia.

“A Via Crúcis do Corpo” é um livro composto por treze contos que trata sobre o ser feminino e Clarice dialoga muito bem com o tema. Este livro é continuo, infelizmente tem apenas setenta e oito paginas, mas nelas percorre um caminho que não se perde.

O dialogar do livro é simples, ele pode falar com uma senhora ou com um jovem, diferente das demais obras de Clarice. O livro começa com algumas epígrafes, e a primeira é “A minha alma está quebrantada pelo teu desejo”, salmos 119:12. Essas frases dão ideia pelo caminho que será percorrido por Lispector nesta obra.

Um livro encomendado

O livro traz consigo um preconceito disfarçado, até mesmo da própria Clarice, que não queria escrever por encomenda mas teve que se submeter a isso por problemas financeiros. Ela fala sobre isso na explicação que há antes dos contos. A encomenda feita pelo editor de Clarice e veio com três histórias que deveriam partir de fatos reais, segundo ele.

Mas faltava à Clarice Lispector inspiração para escrever estes contos, mas ao longo do telefonema com seu editor, a autora teve luz sobre estes contos e começou a escrevê-los. Entretanto ela queria deixar claro que não escrevia por dinheiro, escrevia por impulso. A famosa autora se diz envergonhada nas explicações e conta que tentou escrever com um pseudônimo (nome fictício criado para esconder a identidade do verdadeiro autor).

O ponto-chave do livro

O livro foi lançado há 46 anos (em 1974), e pasmem, tem personagem gay, tem personagem transsexual, e é protagonizado por mulheres fortes. Em um ano onde temos um presidente impopular e improdutivo, olhar para trás e ver resistência na palavra de uma mulher que dá protagonismo a outras mulheres é essencial.

Mas por que indicar um livro como este aqui? Um site sobre pop? O pop vem de popular, vem da cultura do povo, e este livro já foi muito popular e é um lembrete sobre nossa resistência. É sobre pessoas, nos mais diversos tipos e diversidades. E é por isso que essa é a minha primeira indicação de livro.

Vocês também podem extrair os contos que estão dentro deste livro unitariamente, mas é sempre aconselhável a leitura da obra como um todo.

Total
7
Share