fbpx

Jessie J conquista São Paulo com show divertido e emocionante

Com sua voz inconfundível, Jessie J empolgou milhares de pessoas na cidade em que existe uma de suas maiores bases de fãs do mundo

Jessie J passou pelo Brasil com apresentações no Rock In Rio 2022 e também em São Paulo, e o escutai foi conferir ambos os shows. O escuta eseve no da capital paulista, onde a britânica se apresentou no recém-inaugurado Pavilhão Pacaembu e entregou muita emoção e humor durante a apresentação.

Com a pontualidade tradicional dos britânicos, a artista iniciou o último show de sua turnê no horário previsto (20h30), abrindo o evento com ‘Do It Like a Dude’, canção de seu 1º álbum, lançado em 2011. Esbanjando carisma Jessie surpreendeu os fãs, não só pela potência de sua voz, mas por ser extremamente engraçada e divertida.

Jessie J em São Paulo por @camilafcara (reprodução)

Logo no início do show, ao arriscar palavras em português, ela brinca a sua própria trajetória na indústria musical e com o fato de não ser considerada uma diva do pop: “Viram? Consegui, agora sou realmente uma diva do pop”. Este foi basicamente o tom de toda a performance, que contou com a cantora fazendo piadas consigo mesma por não ter ideia do que os fãs brasileiros falavam e com a dedicação deles em surpreendê-la.

Para garantir que as pessoas estavam realmente envolvidas naquele momento, Jessie fez alguns pedidos durante o show. Ela solicitou que o público não ficasse muito focado em gravar, tirar fotos e se dedicasse mesmo em aproveitar aquele momento. Além disso, pediu que os fãs se sentissem livres para experimentar todas as suas emoções — tristeza, felicidade, dor ou até mesmo confusão para os “acompanhantes” que estavam ali sem conhecer seu trabalho.

Em duas músicas do setlist os fãs encheram balões para homenagear a cantora — em ‘Flashlight’ (canção tema do filme “A Escolha Perfeita 2”), o público lotou o espaço com bexigas brancas e lanternas de celular, um momento que encheu os olhos da britânica de lágrimas. Já em ‘I Want Love’, foi a vez da galera encher bexigas vermelhas, o que após a canção, virou piada para Jessie que se disse “assustada” em como o público encheu rápida e freneticamente os balões. “Eu olhei e vocês estavam enchendo esses balões, eu pensei ‘alguém vai desmaiar’. Estavam todos ‘fuuuusssssh’ (imitando som de sopro), com caras assustadoras e eu tipo (cantando) ‘I want loooove’, meio desesperada com as caras esquisitas de vocês”, brincou.

Jessie J cantou por praticamente uma hora e quarenta minutos e apresentou 12 canções, levando o público a loucura com suas habilidades vocais e a potência das notas. Aliás, ela celebrou o feito no stories de seu perfil Instagram com gratidão — relembrando o acidente que sofreu e que a impossibilitou de cantar por 9 meses.

Jessie J é mestre em se conectar com o público

A artista conquistou ainda mais os fãs pela entrega que manteve do começo ao fim e a dedicação na integração com o público. A todo momento Jessie J procurava escolher fãs na plateia para se conectar, conversar e fazer inúmeras brincadeiras. Logo no início do show, ela visualizou um cartaz de aniversário e cantou parabéns de forma afinadíssima para dois aniversariantes presentes. A artista se enrolava aqui e ali com a pronúncia dos nomes das pessoas, mas contou com a ajuda do guitarrista de sua banda, Mateus Asato, brasileiro do Mato Grosso do Sul.

A química e carinho entre o guitarrista e a artista foi algo muito enriquecedor para a apresentação, em determinado momento ao ser ovacionada por gritos de “gostosa” e mesmo com ajuda de Asato, a britânica entendeu “go salsa” e dançou passos de salsa no palco, arrancando gargalhadas de todos.

Jessie ainda recebeu uma camiseta de uma fã com os países de sua turnê e uma foto da cantora, neste momento fez um “merchan” sexy da peça como um item de uma loja oficial. Em seguida, improvisou uma canção com informações sobre a fã (que ela perguntava e tentava entender) e retribuiu o carinho assinando o setlist do show para a garota, que ela só conseguia chamar de “Naiana”.

Um dos pontos mais altos de interação do show, aconteceu durante ‘Bang Bang’ em que ela solicitou um microfone à produção e entregou para Giovanni — que inicialmente se apresentou como Lyon. O fã surpreendeu a todos, inclusive a própria Jessie J, ao cantar a parte de Nicki Minaj muito bem e ainda arriscou algumas notas altas. O escutai conversou rapidamente com o sortudo “Giovanni, the lion (raawr)” — como a artista se referiu a ele depois do “feat” improvisado para saber como foi a sensação.

“Foi uma montanha russa emocional! Eu escrevi a mensagem no celular e virei para ela ler, mas não esperava que ela fosse notar. Quando percebi, ela estava vindo na minha direção com um microfone e aí a primeira coisa que pensei foi ‘okay, não posso me atrapalhar e errar a letra!’ Haha na hora, percebi a empolgação dela e só continuei cantando. Eu não estava nada confiante, tinha gritado o show inteiro, e estava praticamente sem voz haha. Até desafinei, mas ela como sempre foi muito fofa e me agradeceu pela energia e até fez um trocadilho com meu nome artístico, o que me deixou mais calmo na hora. Mas foi só quando ela interagiu comigo novamente em Price Tag, que eu me dei conta do que realmente tinha acontecido, e que aquele tinha sido o melhor dia da minha vida”, contou Giovanni.

Jessie J em São Paulo por @camilafcara (reprodução)

Além de conexão, Jessie J entrega um show potente sobre pertencimento e amor próprio

Além das piadas e das palhaçadas que a artista fez durante a apresentação, o show também foi marcado por discursos muito potentes. Abrindo o bloco de baladas, Jessie J afirmou ter escrito a canção ‘Queen’ para que as pessoas que a ouvissem, cantassem para si mesmas e acreditassem mais nelas mesmas.

Ela ainda pediu que a produção acendesse algumas das luzes do pavilhão para que pudesse olhar diretamente para o público. Segundo Jessie, ela não conseguiria cantar a música se não pudesse ver bem os seus fãs na plateia.

Antes de cantar ‘Flashlight’, a britânica avistou um fã no meio da pista comum, com uma folha A4 que ela não conseguia ler do palco. Então pediu que os fãs fossem passando até chegar nela. No papel o fã havia escrito “você me salvou da depressão”, neste momento, a artista fez um discurso que ficou marcado como o momento mais emocionante e potente do show.

“Eu não fiz o que está escrito aqui que eu fiz, você fez. Você fez, isso sozinho! E eu sei que você não é o único com quem eu falo quando digo isso, eu estou muito grata por escrever canções com as quais vocês se conectaram em momentos em que não conseguiam se levantar do chão, mas quando eu digo ‘vocês é que fizeram isso’, ‘você é o protagonista’, ‘você é a pessoa que salvou a sua própria vida, eu não’. O que fiz foram músicas que podem ter tornado o choro mais fácil quando foi necessário para que vocês tivessem a coragem de estar de pé onde estão e merecem ou se afastar de quem não os tratou do jeito certo. Isso foram vocês. Vocês fizeram isso, ok?”, contou Jessie J após avistar uma fã segurando um cartaz escrito “você me ajudou a curar a depressão”.

Em ‘Who You Are’ a cantora falou um pouco sobre si mesma e sobre como nunca se sentiu pertencente a lugar nenhum, inclusive na fama, uma condição que ainda a assusta e a faz se sentir como um “ET” em um lugar em que ainda não se vê bem encaixada. Além de falar um pouco sobre a luta das pessoas LGBTQIA+ para se encontrar.

Jessie J entregou um show que mexeu com todas as emoções dos seus fãs presentes e que mais uma vez fez todos questionarem como ainda é possível que a indústria musical possa desvalorizar tanto uma artista tão incrível, humana e extremamente talentosa.

A artista não se reconhece como uma diva e talvez seja por isso que ela consegue estar tão próxima de seu público e tocar a todos, igualmente, mesmo quando se comunica com apenas uma pessoa da plateia.

Jessie J em São Paulo por @camilafcara (reprodução)

Confira a setlist do show:

  1. Do It Like a Dude
  2. Masterpiece
  3. It’s My Party
  4. Wild
  5. Burnin’ Up
  6. Sex Machine (James Brown Cover)
  7. Queen
  8. Flashlight
  9. Nobody’s Perfect
  10. I Want Love
  11. Bang Bang
  12. Price Tag
  13. Domino

Deixe uma resposta

Total
0
Share