fbpx

King Princess mostra que o pop está sempre em evolução | Lollapalooza 2020

Mesmo com pouco tempo de carreira, King Princess é essencial para definir as novas vertentes da música pop.

Em 2020 a música pop ainda consegue se expandir entre novos gêneros. Um termo criado para definir atitude de artistas e que hoje em dia é muito utilizado para definir sons é o ‘Queer Pop‘. Não que esta definição sirva para colocar artistas em caixas, mas ela serve justamente pra mostrar o quanto a representatividade de artistas LGBTQ+ na música anda crescendo e cada vez mais ganhando o mainstream. Uma das pessoas que se qualifica muito bem nisso é King Princess.

A cantora norte-americana de 21 anos começou a se destacar com o single ‘1950’ em 2018. Sobre deixar alguém, relacionar o amor por uma pessoa como uma divindade religiosa e deixar claro o desconforto em ser paquerada por homens… a música acabou se tornando um hino sobre amor entre mulheres. E não só isso, em entrevistas e depoimentos ela deixa muito claro como suas canções falam sobre a forma jovem de amar e desilusões pessoais.

 

Seu primeiro lançamento oficial foi o EP ‘Make My Bed’, onde a artista assina co-autoria e produção de todas as 5 faixas presentes. Entre comparações de musicalidade com Lorde e Troye Sivan, o maior acerto do seu EP (e consequentemente de toda sua carreira) é exatamente demonstrar tão bem a discussão de como é ser queer e explorar isso nas suas letras.

Mas a sonoridade de King Princess vai além do pop puro, isso foi provado em seu primeiro álbum, ‘Cheap Queen’. É a elegância das produções combinada a personalidade da sua voz que define que a artista está em constante evolução, assim como o gênero que ela se enquadra. Esse enquadramento é gigantesco, entre sonoridades mais jazz e rock alternativo o álbum é uma prova de que a música pop tem vertentes infinitas.

Mas nem sempre amores são o foco principal da sua música. Em ‘Prophet’ a artista canta sobre a indústria e a fama, e deixou claro isso explicando a canção em entrevista.

Eu amo aquela música [Prophet] porque é sobre a indústria e observar a fama, e isso é provavelmente algo que eu não teria escrito sobre alguns anos atrás… Eu acho que é sobre escolher o seu caminho x se permitir apenas estar neste sistema

Depois dos sólidos lançamentos a cantora não cansa de chamar a atenção da critica, em 2019 ficou em segundo lugar na lista de apostas da ‘BBC Sound of…’.  e mesmo com o curto tempo de carreira ela já prova que seu som é muito importante e requer a devida atenção.

King Princess se apresenta na sexta, dia 03 de abril, no Lollapalooza Brasil, em São Paulo e os ingressos estão disponíveis para venda. O último lançamento, o álbum “Cheap Queen” e outros títulos de sua discografia estão disponíveis em todas as plataformas de música digital.

Total
1
Share