fbpx

Luciana Mello celebra 35 anos na música com especial no Youtube

O projeto inclui a inserção dos álbuns completos no canal oficial, além de single e clipe novo

Em 2019 Luciana Mello celebra 35 anos na música – o aniversário não é exatamente de carreira, mas sim, desde o primeiro pé da artista como cantora em um palco, aos cinco anos de idade. Em uma longa trajetória musical, que costura momentos diferentes e importantes da música brasileira, Luciana se mostra uma importante interprete cameleônica: ela canta pop, MPB e samba. Quer mais?

Parte do projeto inclui, toda sexta, um vídeo novo no canal oficial do YouTube de Luciana. É um “álbum completo” para ouvir de graça no canal, com uma capa animada e restaurada. Começando do álbum mais recente “Na Luz do Samba”, lançado em 2016, para o primeiro álbum “Luciana Rodrigues”, lançado em 1995. Cada álbum conta uma história especial.

 

A playlist #35AnosNaMúsica abre com Na Luz do Samba, seu “noivado” com o ritmo ganhou “casamento” ao ser indicado ao Grammy Latino, e tem o release assinado por Arlindo Cruz: “Ouvir Na Luz do Samba, o novo disco de Luciana Mello é uma delícia! Principalmente para os amantes do samba, da boa música, de uma linda voz e de uma interpretação cheia de swing e balanço. Essa grande cantora da música brasileira cai no samba com muita desenvoltura, cantando sambistas antigos e novos com repertório pra lá de emocionante!”, conta o bamba.

O segundo vídeo é 6º Solo, álbum lançado em 2011 e que conta com canções de autoria de grandes compositores brasileiros como “Decolada”, de Chico Cesar, “Tchau”, de Jair Oliveira, além de também trazer o repertório “Recado”, de Gonzaguinha, e “Se For para Mentir”, de Arnaldo Antunes. Jair Rodrigues, pai da cantora, participa da faixa “Mentira”.

 

O terceiro vídeo lançado tem 14 faixas, e é “Nêga”, álbum que abre com “Na Veia da Nega”, sucesso de Luciana com Gabriel O Pensador, lançado em 2007. O repertório de “Nêga” conta com as regravações de “Galha do Cajueiro”, de Tião Motorista; “Lágrimas de Diamantes, de Paulinho Moska; e “O Samba me Cantou”, de Jair Oliveira.

Uma das capas animadas mais diferentes é a do álbum “L.M”, as iniciais de Luciana, que dão nome ao quarto disco da cantora, lançado em 2004. Onze faixas do disco foram produzidas por Jair Oliveira, e Lincoln Olivetti produziu “Da Cor do Pecado”. O álbum teve como primeiro ‘single “Só Vale Com Você” e destaques como “Da cor do pecado” (Bororó), incluída na trilha sonora da novela homônima da Rede Globo, e “Sexo amor e traição” (Eugênio Dale e Totonho Villeroy), da trilha sonora do filme homônimo.

 

Até o dia 20 de dezembro, os álbuns “Olha Pra Mim”, “Assim Que Se Faz”, “Luciana Rodrigues” e o “Samba Me Cantou” (parceria com Jair Oliveira) estarão no canal oficial da artista junto com outras novidades que comemoram os 35 anos de Luciana Mello na música, como single e videoclipe novo.

Aguardem!

Total
16
Share