fbpx

Opinião | Tempo Certo é o musical inédito que estavamos precisando

Musical inédito em São Paulo traz musica de Roberta Campos na trilha sonora

Roberta Campos ganhou um espaço na playlist de todo brasileiro lá em 2010, com seu — muito bem recebido — álbum “Varrendo a Lua” e, desde então, passou a ganhar a atenção do grande público. Anos se passaram e não só seu trabalho amadureceu, mas também a maneira como suas músicas ganharam novas interpretações. A mais recente delas pode ser vista agora, no Teatro Viradalata, em forma de teatro musical.

Suas canções compõem a trilha sonora de um musical inédito em São Paulo, com o nome Tempo Certo. O espetáculo é o primeiro dentro do selo Circuito Off, que traz um conceito conhecido e muito comum em Nova York, o musical off-Broadway.

A história é inspirada diretamente do curta “Nem que tudo termine como antes”, de Daniel Caselli e Mariana Martinez e essa nova adaptação recebe a direção geral de Alvaro Real. Tanto no curta, quanto no espetáculo, acompanhamos a rotina de um casal que, bem no comecinho do relacionamento, decide quando vão terminar. A premissa pode parecer um tanto quanto simples à primeira vista, mas o elenco em cena consegue desdobrar essa história de uma maneira realmente bonita.

Divulgação/ Caio Gallucci

Uma das diferenças mais interessantes em cena é como o casal é apresentado. No musical, vemos a disposição dos 4 atores que compõem o elenco, em constante mudança. Ora eles formam um casal hétero, ora um casal gay e, por último, um casal lésbico. Essa alternância acontece a todo momento e depois de um tempo acompanhando essa brincadeira, ela se torna muito natural aos nossos olhos, que ficam curiosos para saber qual combinação vai aparecer a seguir. 

No palco contamos com o talento de Álvaro Real, Daniel Cabral, Éri Correia e Vannessa Mello. A escolha do elenco não poderia ser melhor já que todos se entregam com tudo que podem para seus personagens e é incrível a química que perdura mesmo quando a mudança de casal acontece. Daniel e Álvaro mostram uma cumplicidade única em cena e é lindo ver os momentos de trocas que eles possuem. Um destaque fica para Vannessa Mello que impressiona a todos, sem dar muitos spoilers, num momento onde aparece “bêbada” arrancando risadas da plateia. A junção e combinação das vozes do quarteto de protagonistas impressiona e se mistura muito bem.

Divulgação/ Caio Gallucci

A banda responsável por tocar lindamente as canções da Roberta ao longo da narrativa dessa história sobre o tempo é composta por apenas dois integrantes e, além de acompanharem os atores nas músicas, são responsáveis pela sonoplastia, reproduzindo, ao vivo, até o toque tradicional e conhecido do iPhone.

Outro ponto extremamente positivo e que vale a pena ser ressaltado é a inteligência com a qual a cenografia foi pensada e construída. Com pouquíssimos movimentos, o ambiente inteiro se modifica e essa mudança é responsável por fazer o espectador se sentir ainda mais dentro dos dilemas enfrentados por Chris e Duda.

Já a direção do espetáculo fica por conta do talentoso Rafael Pucca, que atuou em musicais como “Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolates” e “Godspell”. E os arranjos lindos para as já conhecidas canções de Roberta Campos e direção musical do espetáculo foi feita por Thiago Perticarrari, também ator de musicais.

Além das canções clássicas como “De Janeiro a Janeiro”, “Minha Felicidade”, “Amiúde” e a canção que serviu de inspiração para o título do musical “No Tempo Certo das Horas”, a cantora e compositora ainda fez questão de escrever uma canção inédita, “Vendaval”, para ajudar a contar a história apresentada nessa narrativa.

Divulgação/ Caio Gallucci

Tempo Certo se mostrou um musical incrível e essencial para qualquer um que ama esse gênero teatral. Está impecável em todos os aspectos, da produção à atuação, e é otimo de se assistir e acompanhar. O fato de não tem um break não pesou em nada na narrativa e isso fica ainda mais nítido ao término da sessão, onde o contentamento do público foi visível.

O espetáculo está em cartaz no Teatro Viradalata em São Paulo todos os fins de semana até o dia 28 de novembro. Os ingressos podem ser adquiridos no site da Sympla e para mais informações acesse a rede social oficial do musical. 

Deixe uma resposta

Total
0
Share