Scalene lança projeto “Respirando na Quarentena” | #ficaemcasa

Com o plano de contribuir com atividades culturais, fortalecer a cena musical e estreitar laços (mesmo que digitais) neste período de quarentena, o Scalene lança o projeto Respirando na Quarentena. Trata-se de uma iniciativa que traz uma programação repleta de lives com os integrantes da banda e parceiros do universo do entretenimento e da música, além de pocket shows e sorteios de merch.

Em uma potente interação com os fãs, a agenda contempla jogos clássicos de futebol e basquete, filmes e vídeos para assistir junto com os integrantes do grupo. Também serão disponibilizadas para download as faixas isoladas de todos os álbuns da banda. “A ideia é ter, pelo menos, cinco lives por semana. Horas de conteúdo diverso. Queremos tornar este momento em algo menos solitário para todos nós”, conta Tomás Bertoni.

Todos os conteúdos serão publicados em um grupo secreto no Facebook. O acesso a todo conteúdo citado é garantido por meio do apoio de R$ 12,00 mensais. O valor tem como destino a viabilização da iniciativa e também o Street Store DF (@streetstoredf), projeto apadrinhado pela banda desde 2017.

Para participar e ter acesso ao grupo do Facebook, é só fazer o apoio por meio da página do Apoie.se da banda (acesse aqui). As lives já começam nesta quarta-feira (25). Confira a programação da primeira semana:

 

Quarta-feira – 25/03 às 20h

Bate-papo de boas vindas

Pocket Show

Assistindo a final da Copa do Mundo de 70 (Brasil X Itália)

Convidado: Zuza (Analista de Desempenho do Goiás)

 

Quinta-feira – 26/03 às 20h

Live do Makako

Suco de Cultura

 

Sexta-feira – 27/03 às 19h

Ouvindo e analisando tracks de gravação do Real/Surreal

Convidado: Diego Marx (Produtor do disco)

 

Domingo – 29/03 às 19h

Live do Gustavo – composição/inspiração

 

Segunda-feira –  30/03 às 20h

Live do Lukão – introdução à sintetizadores

 

Terça-feira – 31/03 às 20h

Live do Tomás – bastidores dos festivais

Convidada: Titi Muller

publicado
Categorizado como Música

Por Neto Martini

É jornalista e trabalha com entretenimento há cinco anos. Lê Dom Casmurro, mas sua playlist vai de pagodão a musicais da Broadway, ama sala de embarque. Não consegue segurar a risada (principalmente nos momentos sérios). Já trabalhou em diversos festivais de música e é um ex-VJ MTV (que nunca apareceu nas telas). Sofre de incontinência verbal, é curioso pelo relacionamento das pessoas com a música e coleciona histórias, que nem todo mundo.