fbpx

Produções negras estão crescendo, agora o público precisa aprender a valorizá-las

Produções com elenco negro têm ganhado mais espaço na TV, agora o público precisa se habituar a consumi-las e dar a devida audiência.

Estar em casa durante tanto tempo, tem nos feito assistir e acompanhar as notícias de um racismo que muitos ignoravam. Todo dia uma nova notícia surge sobre o assunto e em busca de minimizar seus efeitos e talvez mudar nossa sociedade, as produções (principalmente as americanas) têm acompanhado estes eventos e os incorporado em suas narrativas.

Os acontecimentos nos EUA, não só levantaram questionamentos sobre a violência contra negros no país, mas também colocaram em pauta outros pontos que rodeiam a atual estrutura racial americana, incluindo as oportunidades que a indústria cinematográfica apresenta aos não-brancos. Há algum tempo obras como Lovecraft Country (leia nossa crítica), Pose, Dear White People, entre outras, construídas com um elenco inteiramente negro, produzidas por diretores, roteiristas e escritores afro-americanos estão surgindo nas telas de cinema e dos principais serviços de streaming.

Toda essa movimentação seria incrível e extremamente poderosa se esta consciência fosse para além do elenco e dos produtores, que esta educação antirracista chegasse principalmente ao público. A audiência dos programas é que dita a continuidade destas produções, a renovação das séries, enquanto o público não se conscientizar do seu papel nisto, muito do que tem surgido irá se perder no limbo do fracasso das bilheterias ou ser cancelado antes de mostrar todo seu potencial. Pensando na importância dessas obras e reforçando o papel de divulgar cultura pop de qualidade, com viés opinativo e principalmente de valorização do que acreditamos que deva ser apreciado e conhecido, o ESC separou uma lista com algumas das séries que valem a pena ser vistas, seja para tomar mais consciência racial ou para se divertir e passar tempo e ainda sim, dar audiência às produções com elenco negro.

Família Upshaw

A nova sitcom da Netflix estreou recentemente e garante uma história divertida com boas tiradas de humor, sem deixar de lado os temas pertinentes como o racismo, homofobia e até mesmo as questões que permeiam o feminismo. Criada Regina Y. Hicks e Wanda Sykes (que também é parte do elenco), a produção usa da dinâmica de uma família afro-americana para construir um enredo que em muitos momentos lembra (inclusive visualmente), séries como ‘Eu, a Patroa e as Crianças’ e ‘Um Maluco no Pedaço’.

Assista Família Upshaw na Netflix.

Reunião de Família

Outro sitcom da Netflix ambientado em meio a realidade de uma família afro-americana, ‘Reunião de Família’ é o tipo de série perfeita para assistir com crianças menores. A produção tem uma pegada mais clichê e menos engraçada em alguns pontos, mas como ponto forte aborda questões raciais que vão do colorismo ao racismo logo na infância de forma bem didática. Além disso, todo episódio é dedicado à uma figura importante da história afro-americana, o que como educação antirracista pode despertar a curiosidade de conhecer mais sobre determinadas personalidades negras.

Assista Reunião de Família na Netflix.

The Neighborhood

A série da CBS ainda não chegou ao Brasil, mas já é um ótimo sitcom para se ter no radar. Com uma abordagem diferente a questão racial, mas sem subverter a mensagem, a série coloca uma família branca em meio a um bairro completamente negro e constrói com um roteiro engraçado e personagens carismáticos, a narrativa de adaptação de um homem branco ao universo em que ele é a minoria. A série ainda conta com Tichina Arnold (famosa por ‘Todo Mundo Odeia o Chris‘) no elenco.

Atlanta

Atlanta é uma série de televisão norte-americana de comédia dramática criada e estrelada por Donald Glover. A série apresenta a história de dois primos que sonham em se destacar no cenário rap de Atlanta em um esforço para melhorar suas vidas e as vidas de suas famílias. Foi premiada em duas categorias — Melhor Série de Televisão Musical ou Comédia e Melhor Ator em Série Musical ou Comédia — nos Prémios Globo de Ouro de 2017.

Você pode assistir as 2 temporadas na Netflix.

Greenleaf

Criada por Craig Wright e produzida por Oprah Winfrey, Greenleaf não poupa esforços e nem polêmicas ao retratar a hipocrisia de uma família negra evangélica. A produção (que se encerrou na 5ª temporada), aborda assuntos considerados tabus dentro e fora do ambiente da igreja e da comunidade evangélica.

Assista Greenleaf na Netflix.

Insecure

Uma das comédias mais bem avaliadas da HBO, ‘Insecure’ rendeu alguns prêmios a sua criadora (e protagonista) Issa Rae. A série acompanha a história de uma mulher negra na descoberta da própria vida, do crescimento pessoal, intelectual e amoroso. Isto claro, abordando em seus episódios o racismo, sexismo, desigualdade entre homens e mulheres e diversos outros temas da atualidade.

Assista Insecure na HBO GO.

Previous Article

Primeiras impressões do "SOUR", álbum de estreia da Olivia Rodrigo

Next Article

Review: "Daddy's Home" - St. Vincent

Total
0
Share