fbpx

Sony Music lança 13 álbuns do Fagner nas plataformas de streaming

Dez dias depois de Zé Ramalho, dia 13 de outubro, Raimundo Fagner completou 70 anos e a Sony Music presentou os fãs com todos os álbuns do cantor agora digitalmente incluídos nos streamings

Dez dias depois de Zé Ramalho, dia 13 de outubro, Raimundo Fagner completou 70 anos e a Sony Music presentou os fãs com todos os álbuns do cantor agora digitalmente incluídos nos streamings

Da mesma forma que fez com seu colega e parceiro, a Sony Music, prosseguindo no incansável projeto de digitalização de seu imenso catálogo (restaurando tapes analógicos e projetos gráficos originais de seus antigos vinis), celebra a data trazendo de volta alguns de seus melhores álbuns.

São 13 títulos que estarão disponíveis pela primeira vez nas plataformas de streaming, sendo nove originais, de carreira – “A mesma pessoa” (1984), “Fagner” (1986) – e os demais com preciosas faixas bônus: “Orós” (1977), “Eu canto (Quem viver chorará)” (1978), “Traduzir-se” (1981), “Sorriso novo” (1982), “Palavra de amor” (1983), “Fagner” (1985) e “O quinze” (1989).

Além disso, dois álbuns que já estavam disponibilizados – “Beleza” (1979) e “Eternas ondas” (1980) – ganham agora versões com faixas extras. Fecham a tampa três coletâneas (“Chave de mim”, 1989, “Entre amigos”, 1990, e “Bateu saudade”, 1996) e um compacto com o jogador Zico (“Batuquê de praia” e “Cantos do Rio”), de 1982.

 

 

A discografia completa de Fagner foi inserida em todas as plataformas e você pode ouvir clicando aqui. Obrigado Sony Music!

 

Total
0
Share