fbpx

Tasha & Tracie ocupam espaços para mostrar o quanto já são gigantes

Tasha & Tracie carimbam mais um festival para a conta, se tornando artistas necessárias para a cena que pertencem.

Há algum tempo (após o grande retorno do cenário musical pós pico de pandemia) é possível ver nomes que são presenças carimbadas em festivais, aqueles artistas que começaram como letras em uma fonte pequena, mas que a cada novo anúncio são apresentadas maiores no poster. Um desses nomes soa internacional, e genealogicamente ele é. Tasha e Tracie são irmãs gêmeas, fruto de mãe brasileira e pai nigeriano e são um dos atos nacionais que mais vem ganhando espaço de uma forma extraordinária musical.

A maneira quase meteórica em que as artistas vem ganhando tanto espaço é justificado pela qualidade de seu som. As duas, que começaram a chamar atenção na cena da moda, hoje são presença forte em festivais e playlists. Sua discografia não tem tanto volume, mas já possui o bastante para desenvolver um set que tem tudo pra levar o público nas alturas por onde passam.

O caminho mais óbvio seria denomina-las como rappers, mas isso é pouco para as irmãs Okereke. É possível ouvir influências pop, hip-hop, r&b e até mpb em alguns momentos. A mesclagem de gêneros da uma cara mais fresca e mostra que para qualquer direção que decidem apontar suas produções ainda será possível imprimir a mesma personalidade e estilo que as fizeram chamar atenção.

O disco ‘Diretoria’ (2021) foi uma baita porta de entrada para a dupla. Seu ativismo, questionamentos sobre ser mulher na sociedade e principalmente na cena musical que habitam são assuntos recorrentes em cada faixa. Prestar atenção as letras e rimas espertas é a melhor sensação que o trabalho oferece, pois é possível tentar adivinhar para onde cada frase vai, e se surpreender ao perceber que Tasha ou Tracie desvirtuam o próprio flow para mostrar que são, acima de tudo, imprevisíveis.

A dupla segue ocupando espaços para mostrar o quanto já são gigantes musicalmente, provando que para alguns artistas é necessário apenas oportunidades, para que deixem claro o valor estrondoso que tem a oferecer.

Tasha e Tracie tocam no sábado, 05 de novembro, na primeira edição do festival Primavera Sound no Brasil, que acontece em São Paulo. Mesmo dia dos headliners Arctic Monkeys e Björk.

Deixe uma resposta

Total
0
Share