fbpx

Arcane – Ato 1 | Fidelidade aos detalhes é a grande chave da adaptação

Com sua estreia transformada em um evento mundial neste sábado (06), Arcane mostra os ocorridos de Piltover e Zaun, com foco na história das irmãs Jinx e Vi

De explosões à lutas por poder entre as cidades de Piltover e Zaun: o primeiro ato de Arcane, nova série da Netflix do universo de League of Legends, mostra a história entre as duas cidades de Valoran, a infância das irmãs Jinx (Powder) e Vi e os eventos que transformarão as duas em yi e yang no futuro próximo.

A partir daqui o texto contém spoilers!

As irmãs órfãs em Piltover

O primeiro episódio de Arcane apresenta as irmãs órfãs num cenário de guerra, onde vemos Vander lutando brutalmente contra soldados de Piltover, no que parece ser uma espécie de rebelião. O cenário desta rebelião retrata muito bem a violência de maneira estratégica. Ao perceber as meninas por perto, o homem lança um olhar empático sobre elas, acolhendo as duas.

Logo após essa cena, o cenário muda: as meninas estão em Piltover, junto com seus dois amigos Milos e Clagger; aqui eles invadem uma casa da cidade, em busca de coisas valiosas para trocar por dinheiro. Neste recorte, vemos todo o esplendor da “cidade do progresso”, muito bem retratado em suas ruas, casas e habitantes.

Definitivamente, esse relance é de importante ambientação para a história das irmãs, uma vez que a vida na subferia de Zaun requer qualquer tipo de ação que garanta sua sobrevivência, inclusive o roubo.

Nessa tentativa, a pequena Powder (Jinx) encontrará cristais hextec em uma espécie de mala, mas essa descoberta resulta numa explosão no local, o que chama a atenção das autoridades fazendo com que as irmãs de Arcane fujam desesperadamente, retornando para Zaun

O retrato de Zaun

Em Zaun, as crianças fugitivas tem que lidar com outros problemas na “cidade de baixo”. O maior deles são os atravessadores, que tentam pegar deles o que eles roubaram. Neste momento, as crianças tem que lutar mais uma vez por sua sobrevivência.

Vale lembrar que a maior parte da animação se passa nesse cenário. O ambiente da cidade está retratado de uma forma impecável, toda a pobreza retratada em cada detalhe singular: seja no comércio de rua (que inclusive conta com uma referência às pedras da selva do jogo), seja no ar poluído e na pouca iluminação que estão presentes na Lore da cidade no site de League of Legends.

Ao mesmo tempo que estão em sua cidade, as garotas lidarão com problemas de liderança, conflito entre seus amigos, a perseguição pela polícia de Piltover e o pior de todos: O soro de Silco.

Avanço para uns e degradação para outros: os cristais hextec e o soro de Silco

Caminhando para seu fim, o primeiro ato traz os avanços que ocorrem em ambas as cidades: em Piltover, Jayce com sua incrível descoberta do poder de controlar a magia com a ciência guiará a cidade para mais um de seus inúmeros progressos; em Zaun, Silco iniciará seus experimentos de um super soro com a finalidade de lutar contra a cidade rica.

Aqui nos são apresentadas mais uma vez a diferença enorme entre as cidades; Piltover como sempre (e em muito aspectos nas custas de Zaun) evoluindo enquanto Zaun passa por mais um processo de marginalização.

Deste modo, o primeiro ato da série se encerra, deixando um gancho para o que será que devemos esperar para o próximo ato: guerra, destruição, encontros e desencontros (principalmente entre as irmãs zaunitas).

Arcane entrega tudo aquilo que foi prometido e esperado, desde o lançamento do seu teaser em meados de maio. Não podíamos esperar menos de uma animação produzida pela mesma equipe por trás das cinemáticas dos eventos de League of Legends ao longos desses anos.

A ambientação dos cenários está incrível, com total fidelidade ao que quem já acompanha a franquia de jogos sabe sobre ela; e por falar em quem acompanha, outro ponto impecável dessa produção é que ela foi feita da maneira com que você não precise estar por dentro do universo dos jogos para apreciar ela.

Não só a ambientação, mas a trilha sonora foi muito bem produzida: além da música com a Imagine Dragons (que está presente na abertura de cada episódio) a série conta com músicas como “Playground” de Bea Miller, “Our Love de Curtis Harding e “Goodbye” de Ramsey.

Sendo fã ou não sendo; conhecendo o universo de League of Legends ou não, Arcane sem sombra de dúvidas é uma superprodução que vai te agradar.

Arcane foi divida em três atos com 3 episódios cada. Assista Arcane na Netflix

Nota do autor: 95/100