fbpx

Conteúdos exclusivos aumentam buscas por streaming no Brasil

Dados da Semrush, mostram que Netflix lidera ranking entre os streamings e apontam uma crescente nas buscas de conteúdos exclusivos com a chegada da HBOMax no Brasil

A presença das plataformas de streaming já faz parte da rotina de muitos brasileiros. No metrô a caminho do trabalho, na sala de espera de um consultório ou em casa ao final do dia. Todo tempo livre é motivo para assistir mais um episódio daquela série de tirar o fôlego ou dar uma espiadinha no seu programa favorito. O consumo de entretenimento individualizado cresce à medida que novas empresas surgem no mercado e, consequentemente, as buscas aumentam com a multiplicidade de conteúdos disponíveis.

De acordo com estudos realizados pela Semrush, plataforma de gerenciamento de visibilidade online, a Netflix lidera o ranking entre os streamings mais buscados pelo público. Queridinha dos brasileiros, a Netflix dispara com quase 13 milhões de buscas. Vale ressaltar que esse foi o primeiro streaming a se popularizar no Brasil desde sua chegada há 10 anos (por essa você não esperava, jovem!)

Em segundo lugar na corrida dos streamings, vem a Globo Play com a média 4,7 milhões de buscas. Nos meses de fevereiro a março de 2021, período em que o Big Brother Brasil foi exibido ao vivo na plataforma, a Globo Play chegou a marca de 7,4 milhões de buscas. Parece que muita gente quis dar uma espiadinha na casa mais vigiada do Brasil.

A Amazon Prime não poderia ficar de fora desse ranking. A plataforma atinge o terceiro lugar entre os streamings mais buscados, com 2,6 milhões. A Disney também marca presença, logo em seguida, com 1,5 milhões de buscas mensais. Se você achava que as animações atraiam só as crianças, esses números provam o contrário.

E a HBOMax? Ela aparece tímida na 13ª posição, porém com uma crescente nas buscas, saltando de 2,9 mil em junho de 2020 para 673 mil em julho de 2021 – mês de estreia do streaming no Brasil.

Os heavy users de streaming também são fãs de Harry Potter (e quem não é?). O nome do bruxo, criado pela britânica J. K. Rowling, emplacou um milhão de buscas no mês de setembro de 2020 e manteve-se nessa marca durante os meses subsequentes de outubro e novembro do mesmo ano.

Acontece que em outubro de 2020, a Netflix anunciou a retirada dos três filmes do Harry Potter presentes na plataforma, Harry Potter e a Câmara Secreta (2002), Harry Potter e a Ordem da Fênix (2007), Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 e Parte 2 (2010 e 2011), e a galera correu no Google para descobrir qual outra outra plataforma poderiam assistir Harry, Hermione e Rony juntinhos outra vez.

A série de longas consiste em oito filmes de ficção e fantasia, derivados de sete livros, e é distribuída pela marca Warner Media, que detém o estúdio Warner Bros e os canais HBO. Com a estreia da HBOMax no Brasil desde julho de 2021, os oito filmes do Harry Potter passaram a integrar o catálogo do streaming juntamente com outros conteúdos exclusivos, como a série Friends, fenômeno mundial entre diferentes gerações, afinal, quem não quer fazer parte desse grupo de amigos?

Confira a seguir, a lista dos 15 streamings mais buscados no Brasil, de acordo com os dados da Semrush:

• Netflix: 12,638,462

• Globo play: 4,703,077

• Amazon Prime: 2,610,000

• Disney Plus: 1,755,115

• Crunchyroll: 689,615

• Xilften: 431,077

• HBO Go: 204,923

• Telecine Play: 172,692

• Streamio: 137,769

• Playplus: 121,015

• Popcorn Time: 112,500

• Apple TV: 104,846

• HBOMax: 79,300

• Hulu: 56,169

• Looke: 41,685

*buscas médias mensais no período de maio de 2020 a julho de 2021, no Brasil.

Total
9
Share