fbpx

Crítica | The Mandalorian expande o universo Star Wars de forma assertiva em suas 2 temporadas

Carro chefe da Disney+, nas 2 primeiras temporadas, série expande o universo Star Wars com muita qualidade, respeito e easter eggs.

A produção que estreou em novembro (2019), tinha a grande missão de não frustrar ou decepcionar ainda mais os fãs, como o último filme da franquia fez. The Mandalorian finalizou sua 2ª temporada em dezembro (2020) e além de não decepcionar, restaurou a confiança dos fãs nos derivados da saga com muito respeito e um roteiro assertivo.

Na série acompanhamos a jornada de Din Djarin ou Mando (Pedro Pascal), um caçador de recompensas mandaloriano, que em uma de suas missões esbarra com o Baby Yoda (ou Grogu), uma criaturinha verde que muda totalmente a vida do personagem.

O ponto alto da série, se dá principalmente pela relação construída entre Mando e o Baby Yoda. O showrunner Jon Favreau e seu time, conseguiram repetir na série a difícil tarefa de tornar um personagem de capacete, alguém carismático e cheio de sentimentos. Algo que havia sido conquistado com Darth Vader nos primeiros filmes da saga.

O caçador de recompensas foi interpretado por três atores – Pedro Pascal, Brendan Wayne e Lateef Crowder –, mas a voz é sempre a de Pascal. Aliás, é justamente a voz do ator que constrói e demonstra as emoções do mandaloriano. Se na 1ª temporada o “herói” era alguém de poucas palavras, duro e marcado por traumas do passado, na 2ª ele se mostra mais falante e até emotivo.

Visual incrível, roteiro assertivo e uma expansão do universo Star Wars muito bem fluída.

The Mandalorian acerta no uso de recursos visuais e faz um trabalho que encanta, seus ambientes são muito bem construídos e nos mostram um submundo da galáxia antes não explorado. Usando computação gráfica e efeitos práticos, a série entrega um visual natural e crível para cada uma das aventuras dos personagens.

O roteiro também é um ponto muito forte, mesmo quando trabalhado de forma mais pontual – para apresentar algum personagem do universo expandido – ele consegue demonstrar a importância dos acontecimentos na construção da história como um todo. Além disso, gêneros cinematográficos são referência durante toda a série, é comum notar elementos do estilo faroeste, do suspense e até mesmo dos filmes de samurai.

The Mandalorian coroa suas duas temporadas com uma entrega de fan service muito respeitosa e realizada na medida certa.

A série usa um pouco de tudo que está presente no o universo da franquia Star Wars de forma agradável e sem sobrepor sua própria história. No decorrer dela são introduzidos personagens dos livros, animações e até dos games, além de uma aparição muito especial.

A série é um dos maiores sucessos da Disney+ e já foi renovada para sua 3ª temporada. A torcida agora, é para que ela se aprofunde um pouco mais na mitologia do povo mandaloriano – que é introduzida com certa sutileza em alguns momentos mas que ainda faz falta no geral – e que mantenha seu alto padrão de qualidade e seu respeito ao universo Star Wars.

Assista The Mandalorian na Disney+.

Nota do autor: 90/100

Total
0
Share