fbpx

Violeta fala ao escutai sobre o novo single “Bússola”

Para conhecer um pouco mais sobre o que podemos esperar dessa nova fase e entender melhor como sua mente criativa funciona, o escutai bateu um papinho gostoso com Violeta

Entre muitos desafios e o peso de sentimentos bastante complexos, Violeta vive a música desde muito cedo mas sua real trajetória começa agora. É assim que esse projeto pode ser resumido, intimamente, por sua artista.

Prestes a lançar seu primeiro sngle, “Bússola”, Violeta é artista catarinense e desde cedo tem apego à arte como uma extensão de si. Agora, pela primeira vez, ela vai lançar um projeto inteiramente autoral. A canção tem um significado especial, foi composta por seu amigo de longa data, Rizzih.

Para conhecer um pouco mais sobre o que podemos esperar dessa nova fase e entender melhor como sua mente criativa funciona, o escutai bateu um papinho gostoso com Violeta.

Confira abaixo:

Quando você descobriu “Bússola”? Como ela chegou até você?

Quando escutei “Bússola” pela primeira vez, que na época nem tinha esse título, foi através de um áudio de WhatsApp que o Rizzih enviou, como de costume. A letra ainda era diferente, sabia que ele estava compondo falando sobre seu último relacionamento, que havia sido muito intenso. Meses depois, ele mandou um outro áudio, com ela mais completa, a letra diferente, e disse que parte dela agora falava sobre mim, sabemos que os caminhos da composição podem bifurcar, e foi o que aconteceu com a música.

Sempre que o Rizzih compõe alguma coisa, eu decoro a letra para cantarmos, e antes mesmo de eu fazer isso, ele disse que essa música ficaria linda na minha voz, e então, fui presenteada com “Bússola”, tanto com a composição que fala sobre mim, como o presente de poder lançá-la como single.

Se você pudesse descrever “Bússola” sem dizer uma frase dela, como faria?

“Bússola” é sobre ter direção através dos olhos de alguém, é sobre não estar só, e principalmente, é sobre não apenas “ser”, mas “estar” com alguém e por alguém. Sou suspeita a falar sobre “Bússola” porque ela diz muito sobre minha amizade com o Rizzih, quem ama “A Sós” vai ter uma versão dela mais madura, e mostrando outro lado da nossa história…

A decisão de “Bússola” ser o seu primeiro trabalho musical partiu apenas de você?

Quando me inscrevi no edital da Lei de Incentivo a Cultura, Rizzih e eu já sabíamos que “Bússola” faria parte do projeto, e o destino cumpriu seu caminho, fazendo com que hoje ela esteja prestes a chegar ao coração de vocês.

Como ocorreu a gravação, já que parte do projeto aconteceu no meio da pandemia?

A captação de áudio, mixagem e masterização, foi um trabalho incrivelmente doce e impecável do Jera, eu já conhecia o trabalho dele, e minha primeira gravação em estúdio foi com ele, então queria muito que ele fizesse parte disso.

Como a pandemia ainda estava num momento complicado, e apenas eu, ele, e Rizzih estávamos vacinados, fizemos um “home estúdio” na casa dele. Ficamos juntos quase um dia inteiro gravando tudo, e foi uma experiência incrível! Na época fazia mais de um ano que eu não via meus amigos, então esse momento, naquele instante, foi muito especial pra mim.

“Bússola” possui uma estética muito bonita e íntima. A ideia partiu de você?

Quando pensei no vídeo clipe, tinha em mente como gostaria que ele fosse, mas eram apenas ideias, o restante da concepção foi todinha feita pela Égide [Movement], e o resultado ficou incrível, foi além do que eu sonhava, e tudo tem um significado, o que é mais importante pra mim.

“Essa inspiração chegou pra mim acho que lá por 2017 quando comecei a cantarolar o refrão, já com letra e melodia. eu estava saindo de um relacionamento muito intenso e muito bonito. mas acontece que os caminhos da inspiração podem bifurcar ou criar inúmeras possibilidades”, conta Rizzih sobre o processo de composição. “À medida que fui continuando a composição, vi que a canção ficaria linda na voz da Violeta e isso foi fazendo com que a música falasse não apenas daquele relacionamento que eu vivi mas da minha própria história com ela e ainda algumas abstrações poéticas.”

Rizzih ainda comenta que achou o resultado do single lindo, “É um poema cantado que soa na voz dela exatamente como imaginei quando compus, além de uma boa escolha para single de estréia porque a melodia passeia entre graves e agudos, o que possibilita uma experiência completa pra quem vai ouvir a voz maravilhosa da Violeta pela primeira vez.”

“Bússola”, primeiro single de Violeta, chega na próxima sexta (13 de maio) com assinatura criativa de Luis Henrique Crema e Égide Movement.

Total
0
Share