fbpx

King Princess e a relação tóxica de “House Burn Down”

Sucesso no universo Indie, a cantora King Princess está de volta e querendo ver o circo pegar fogo em Burn House Down.

King Princess é merecidamente reconhecida pelo seu enorme sucesso em 2018, com seu single 1950. Agora, um ano depois do lançamento de seu último álbum, o Cheap Queen, ela ressurge com seu single House Burn Down e, como era de se esperar, não decepciona. Na música, ela retrata a sua situação dentro de um relacionamento que demonstrar ser tóxico; mas não apenas isso. Vemos um tipo de relacionamento que pode ser idêntico a algum em que já fizemos parte em nossa vida. E é ai que ela acerta novamente, mostrando ser a King Princess de sempre: aquela que escreve músicas para que quem ouve se identifique.

Assim como diz no nome da música, a cantora quer ver a situação piorar, ela quer que a casa pegue fogo (ou melhor traduzido para a expressão em português, ela quer ver o circo pegar fogo). Mas por que ela anseia isto? O que faz ela querer que tudo piore ao invés de simplesmente sair desse relacionamento que não é saudável para ela? – A resposta é simples e fica explicita no seguinte trecho:

Talvez eu esteja aproveitando. Aproveitando os bons dias. Em que você é doce comigo, igual limonada

Ou seja, ela ainda está apegada aos bons momentos em que passou junto dessa pessoa e é isso que impede que ela “parta para sua próxima mágoa” como ela diz que é de costume. Então é por isso, que ela se propõe a esperar tudo piorar. Talvez por que ainda ama muito sua companheira, talvez por que as atitudes da mesma não foram tão brutas a ponto de um término ser necessário, afinal:

Se você estiver indo embora, vou precisar de um motivo melhor do que você apenas me odiar.

E no final, ninguém vai embora

Desde o começo da música a cantora tenta deixar claro que a relação não está boa para ela. Que sua parceira anda testando o laço entre as duas e que ele está muito próximo de quebrar; mas o que ela não demonstra ao longo da musica é se essa promessa de termino se concretizou. A melodia e a letra estão bem colocadas para deixar claro que na verdade ela não quer que isso termine, por pior que esteja. A ponte deixa bem claro que ela está presando tanto os poucos momentos de amor do relacionamento, quanto os momentos em que é completamente deixada de lado:

Droga, você é boa quando diz que me ama. Droga você é boa quando não da a mínima.

Então o que resta para a querida King Princess é continuar apostando na sua sorte, como ela diz em seu refrão. Mesmo sabendo que o ideal seria dar um fim nesse relacionamento, algo ainda prende ela nele, e isso precisa ser resolvido. Infelizmente ela ainda não sabe como, por isso quer compartilhar seus sentimentos com quem escuta a música. Por que muito mais que uma carta direcionada para sua amada, essa canção é um desabafo que sai da parte mais profunda de seu coração; e é esse desabafo que tem a força de cativar e prender a atenção de quem escuta ela.

Total
0
Share